MAS A ODEBRECHT DEPOSITAVA PROPINA NOS EUA?

Em 24 de março, publicamos um trecho do depoimento de Hilberto Filho ao TSE. Ele disse que a Odebrecht não depositava propina em contas nos Estados Unidos, por medo da fiscalização das autoridades americanas.

Como é, então, que a empreiteira pode ter pago propina numa conta operada por Andrea Neves, irmã de Aécio, num banco em Nova York?

Ministro Fachin, repetindo outra vez: é vital divulgar as delações da Odebrecht, para que toda a verdade sobre os depoimentos à PGR venha à tona.