Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mato Grosso do Sul envia 5º ofício a ministério pedindo esclarecimentos sobre menos doses

Pelos cálculos do estado, foram enviadas 106.172 doses a menos, somando as remessas desde 2 de julho
Mato Grosso do Sul envia 5º ofício a ministério pedindo esclarecimentos sobre menos doses
Foto: Myke Sena/MS

A Secretaria de Saúde do Mato Grosso do Sul informou ter enviado nesta quinta (12), pela quinta vez, um ofício ao Ministério da Saúde solicitando esclarecimentos sobre a redução do envio de doses de vacinas ao estado.

Procurado por O Antagonista no fim desta tarde, o ministério não respondeu imediatamente.

Segundo levantamento da secretaria do Mato Grosso do Sul, o ministério passou a enviar desde 2 de julho doses a menos para o estado.

“Até a 28ª pauta de distribuição, Mato Grosso do Sul recebia em média 1,46% das doses totais de cada lote, entre as 29ª e 37ª pautas de distribuições, esse quantitativo caiu para 1,29% de cada lote, totalizando 106.172 doses que deveriam ter sido enviadas ao Mato Grosso do Sul”, diz nota da secretaria.

Na quarta da semana passada (4), o governador João Doria disse que o ministério havia enviado a São Paulo 228 mil doses da vacina da Pfizer a menos. O Antagonista mostrou que nessa acusação ele está certo: dos cinco estados que lideravam a vacinação no Brasil naquele momento, apenas São Paulo recebeu proporcionalmente menos doses da Pfizer em relação à última remessa.

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz, respondeu a Doria em coletiva de imprensa no mesmo dia, afirmando que o “percentual de doses [para cada estado] evolui na medida em que a gente evolui no nosso Programa Nacional de Imunização”.

Nesta tarde, perguntado por O Antagonista sobre estoques de doses, o ministério forneceu dois números diferentes. Na atualização mais recente, afirmou: “[E]stão no Centro de Distribuição do Ministério da Saúde 6,9 milhões de doses de vacinas contra Covid-19. Destas, 3,6 milhões serão liberadas ainda hoje e distribuídas a partir desta sexta-feira (13). Outras 3,3 milhões de doses aguardam trâmite para liberação dos órgãos reguladores que atestam a qualidade dos imunizantes”.

Leia também:

Do ‘top 5’ da vacinação, apenas SP recebeu menos doses da Pfizer na última remessa

Doria acusa Queiroga de descumprir acordo e diz que Saúde ainda não enviou doses que faltam

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO