Maus meninos

Os vereadores de São Paulo tiveram uma má notícia de Natal: a Justiça paulista suspendeu, em caráter liminar, o reajuste salarial de 26,3% autoconcedido pela Câmara na semana passada.

O juiz Alberto Alonso Muñoz atendeu a uma ação popular contra esse presente pago com o dinheiro dos munícipes.

Faça o primeiro comentário