ACESSE

MBL: "Isso é nitidamente uma armação"

Telegram

Renan Santos, coordenador do MBL, negou que a polícia esteja cumprindo mandado na sede do movimento, na Vila Mariana.

“Não tem ninguém e não foi ninguém lá. Isso é nitidamente uma armação.”

Renan também negou que os dois presos na operação tenham relação com o MBL.

“O Luciano Ayan nunca foi do MBL, quem acompanha a política sabe. O Alessander Mônaco conheço minimamente e já fez algumas doações mínimas.”

Ainda segundo Renan, incluir o MBL na história “poder ser algum delegado de polícia querendo fazer espetáculo”.

Leia mais: Comprovação do elo entre a Presidência da República e o gabinete do ódio complica Bolsonaro. Clique e leia

Comentários

  • Marli -

    O JB já reclamou do Kim , Coincidência?????

  • Sou -

    Quando é na casa dos outros pode. Quando chega perto de babbaccas que só sabem fazer política criticando o Presidente que deu 58 milhões de chutes na bundda, não.

  • Inacio -

    Pimenta no c dos outros é refresco

Ler 52 comentários