MDB confirma Simone Tebet como candidata no Senado

MDB confirma Simone Tebet como candidata no Senado
Foto: Pedro França/Agência Senado

O MDB bateu o martelo: a senadora Simone Tebet será a candidata do partido à presidência da Casa.

O anúncio oficial será feito em instantes.

Ela vai disputar com Rodrigo Pacheco (DEM), o candidato de Davi Alcolumbre avalizado pelo Palácio do Planalto.

O MDB estava disposto a apoiar Alcolumbre, se o senador do Amapá conseguisse o aval jurídico para a reeleição inconstitucional na mesma legislatura. Após a decisão do STF, no fim do ano passado, o partido decidiu que tentaria voltar ao poder no Senado, lançando candidatura própria.

Inicialmente, havia quatro pré-candidatos. Na reta final, Fernando Bezerra Coelho e Eduardo Gomes, líderes do governo Bolsonaro no Senado e no Congresso, respectivamente, saíram de cena. Sobraram Eduardo Braga, líder da bancada, e Simone Tebet. Ontem, quando o PT anunciou apoio a Pacheco, Simone se tornou a favorita.

Ainda em 7 de dezembro do ano passado, este site antecipou que a senadora tentaria, de novo, se cacifar no MDB. Em 2019, Simone esbarrou em Renan Calheiros. O jogo foi sujo, culminando em um tuíte — apagado em seguida — no qual o alagoano fazia referência ao pai de Simone, o ex-senador Ramez Tebet, já falecido.

Desta vez, Simone conseguiu furar o bloqueio dos caciques da legenda e agora vai em busca do apoio total de sua bancada e, claro, de colegas de outros partidos. Pacheco largou na frente: até aqui, ele tem uma aliança que inclui DEM, PSD, Pros, Republicanos, PT, PSC e PL — o Progressistas deve confirmar apoio ao senador mineiro amanhã.

O MDB vai explorar a possibilidade de o Congresso ter a primeira presidente mulher. Braga, ontem, também deu outra dica da narrativa que será usada: “Não há espaço para duas candidaturas chapa-branca”.

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie o jornalismo investigativo mais independente do país.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 77 comentários
TOPO