MDB precisa de 'humildade' para reconhecer erros, diz Simone Tebet

Simone Tebet, que disputa com Renan Calheiros a indicação do MDB para a presidência do Senado, declarou ao Estadão que o partido precisa ter a “humildade” de dizer que errou e deixar o fisiologismo para trás.

A senadora voltou a se dizer favorável ao voto aberto na escolha do comando da Casa.

“Eu não tenho problema nenhum em votar aberto porque aí é a soberania do plenário. O que eu discuto é determinados poderes interferirem no Senado.”

Comentários

  • Eduardo -

    O povo deu seu recado para todos os partidos. Já não aceitamos corruptos como Renan no governo. Caso insistam com ele, verão seu partido esfarelar como o PSDB. Aliás, o próprio MDB já sentiu na

  • FABIO -

    Simone Tebet. Apoio total.

  • Sergio.R -

    Déjà vu? Parece que já escutei isso antes.

Ler 22 comentários