MDB, Rede e PP formam as maiores bancadas do Senado

A partir de 2019, o Senado terá 21 partidos representados na Casa — 5 a mais do que a composição atual.

O maior destaque é o PSL de Jair Bolsonaro, que estreará com 4 congressistas: Flávio Bolsonaro, Major Olímpio, Soraya Thronicke e Selma Arruda.

O MDB continuará com a maior bancada, mas reduziu o número de senadores de 18 para 7; enquanto o PSDB foi de 12 para 4.

Já o PT perdeu mais da metade do número de congressistas na Casa — foi de 12 para apenas 4 senadores. Enquanto a Rede, de Marina Silva, passou de 1 para 5 senadores — mesmo número de congressistas eleitos pelo PP.

O DEM, que atualmente é representado por 5 senadores, passará para 4 em 2019.

Bolsonaro x poste de Lula: o que a grande imprensa não conta para você está AQUI

Temas relacionados:

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 31 comentários
  1. “É o POVO, estúpido!” Quem tentou representar os anseios da população se deu bem. Quem ignorou, se afastou das pessoas, se lascou. É assim que tem que ser! Queremos que NOS REPRESENTEM!

    1. Essa informação que repassei foi coletada no site do senado, lá diz que PSDB tem 9 senadores, mas eles também erraram, PSDB passa para 8 senadores e não 9.

  2. Jair Bolsonaro, e sua frente conservadora, são os campeões em todos os sentidos. Ficou a pouco menos de 5% de levar no primeiro turno. Agora o resto do efeito manada virá.

  3. O Congresso Nacional ficou ainda mais conservador. Para que o país saia da letargia e da depressão econômica e social em que o PT o instalou em 2011, só mesmo o Presidente Jair Bolsonaro.

  4. Parabéns ao Presidente Jair Bolsonaro por ter garantido a governabilidade sem necessidade de crimes. Obteve votação maior que a soma de Haddad, Ciro e Alckmin e nessa semana já consegue os 45%.