Me engana que eu gosto, Marco Aurélio

“O ministro do Supremo Tribunal Federal Marco Aurélio Mello disse na manhã desta terça-feira à Rádio Estadão não ser correta qualquer suposição de que a Corte seja ‘benévola’ com o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva…caso o petista assuma um ministério no governo Dilma Rousseff e passe a ter o chamado foro privilegiado. Ele rejeitou a tese de que a nomeação de Lula configure ‘obstrução à Justiça’,, como apontam oposicionistas, e lembrou que o STF já condenou ‘políticos, um ex-chefe da Casa Civil, banqueiros e empresários’no julgamento do mensalão.”

Claro, Lula quer (ou queria) ser ministro para pular etapas e ser condenado logo em última instância.

Faça o primeiro comentário