MEC avisa Economia que novo corte de verba ameaça aulas de institutos federais

Milton Ribeiro enviou um ofício ao Ministério da Economia para alertar que a Educação deve ter de interromper aulas em 29 institutos federais por causa de um corte de R$ 1,5 bilhão no orçamento da pasta.

Segundo o Estadão, a tesourada pode afetar ainda programas que são bandeiras de Jair Bolsonaro, como a implementação de escolas cívico-militares e alfabetização infantil.

Nos ofícios, Ribeiro atribuiu o pedido de bloqueio de recursos à Secretaria de Governo. Trata-se do remanejamento orçamentário feito para o governo destinar R$ 6,5 bilhões em obras este ano.

O dinheiro foi prometido por Bolsonaro em meio às discussões sobre o plano Pró-Brasil. Os cortes também afetariam o Ministério do Meio Ambiente, que disse que interromperia o combate ao desmatamento na Amazônia se o bloqueio dos recursos fosse concretizado.

Como mostramos, cerca de R$ 3 bilhões poderão ser gastos por indicação de parlamentares. O restante será dividido entre o Ministério do Desenvolvimento Regional e o Ministério da Infraestrutura.

Leia mais: Exclusivo: o ‘exílio’ de Weintraub. Comece a ler por apenas R$ 1,90 (1º mês)
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 11 comentários
TOPO