Mecias e Jhonatan de Jesus dizem que não são investigados por desvios na saúde de Roraima

O senador Mecias de Jesus e Jhonatan de Jesus, ambos do Republicanos de Roraima, disseram que não são investigados por desvio de dinheiro da saúde do estado. Em nota, eles disseram que apenas foram citados no caso e que as emendas parlamentares mencionadas no inquérito sobre o assunto já foram enviadas a Roraima, mas ainda não foram gastas.

Os nomes dos dois aparecem na decisão de ontem em que o ministro Luís Roberto Barroso determinou o afastamento do senador Chico Rodrigues do cargo por 90 dias.

A decisão menciona um relatório da Polícia Federal baseado em informações prestadas voluntariamente por um ex-servidor da Secretaria chamado Francisvaldo.

Francisvaldo contou aos investigados que foi pressionado a assinar um contrato com uma empresa de Guilherme Salomão porque o negócio estaria vinculado ao envio de emendas parlamentares de Mecias e Jhonantan a Roraima. Seriam R$ 2,5 milhões de cada um.

De acordo com a nota divulgada pelos parlamentares, “a busca por recursos ao Estado é inerente à atividade parlamentar. Todavia, os parlamentares não têm ou tiveram qualquer ingerência na destinação dos recursos. Aliás, a Secretaria de Saúde informou que até a presente data, as emendas ainda não foram destinadas a qualquer contratação, empenho ou liquidação de despesa”.

Leia a nota:

Em relação à menção aos nomes do Senador Mecias de Jesus e do Deputado Federal Jhonatan de Jesus no curso das investigações sobre desvios na saúde no Estado de Roraima, a defesa afirma que nenhum dos citados são investigados no inquérito.

A busca por recursos ao Estado é inerente à atividade parlamentar. Todavia, os parlamentares não têm ou tiveram qualquer ingerência na destinação dos recursos. Aliás, a Secretaria de Saúde informou que até a presente data, as emendas no valor de R$2.500.000,00 cada, obtidas por iniciativa de Mecias e Jhonatan, ainda não foram destinadas a qualquer contratação, empenho ou liquidação de despesa, encontrando-se ainda, conforme declaração pública do Secretário de Saúde, Marcelo Lopes, nos cofres do Estado.

O Deputado Federal Jhonatan de Jesus coloca-se à inteira disposição das autoridades para contribuir com as investigações a fim de apurar e punir com rigor quem tenha praticado qualquer ato espúrio contra a população de Roraima.

Assessoria do Deputado Jhonatan de Jesus

Leia mais: Dinheiro na cueca: 'aqui não tem corrupção'?
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 14 comentários
TOPO