ACESSE

Médica diz ter sofrido retaliação do governo do PT no Ceará

Telegram

A pediatra Mayra Pinheiro, candidata do PSDB derrotada na disputa pelo Senado no Ceará, foi desligada do Hospital Geral de Fortaleza, informa o jornal O Povo.

Mayra, que trabalhou no hospital por 15 anos, diz ter recebido ligação da Cooperativa de Pediatras, contratada pelo governo do Ceará, comunicando a ela sua saída imediata.

O governador do estado é o petista Camilo Santana, reeleito no início deste mês.

A médica afirma que foi vítima de tentativa de intimidação e de abuso de poder político. O Livres, movimento do qual Mayra faz parte, divulgou uma nota de repúdio à demissão e acusou Santana de persegui-la politicamente.

Comentários

  • Marcelo -

    O PT e seus comparsas são assim mesmo. Quando vc discorda de alguma coisa é tratado como inimigo. No próximo domingo faremos a segunda limpeza ( a primeira foi em 2014) e, de 2 em 2 anos completare

  • Eu_Mesmo -

    Vamos acabar com esses comunistas FDP, pedófilos , violentos , FORA PT CANALHAS

  • Otao -

    PROTESTO! Só faltou o Emerson colocar VEJA e ÉPOCA para daí me privar dos mídias que eu consulto e me entretenho sobre os fatos de mundo. Emerson deveria criar o seu!

Ler 75 comentários