Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Médica que rejeitou chefiar Ministério da Saúde vai gravar entrevista para CPI

Ludhmila Hajjar temia que um depoimento presencial pudesse intensificar os ataques que vem sofrendo de bolsonaristas
Médica que rejeitou chefiar Ministério da Saúde vai gravar entrevista para CPI
Foto: Reprodução/CNN

A médica Ludhmila Hajjar, que se recusou a ocupar o Ministério da Saúde em março, fará uma entrevista gravada com os parlamentares da CPI para ser exibida posteriormente.

Os senadores defendiam que ela fosse chamada para explicar por que se recusou a assumir a pasta. Na ocasião, a médica alegou que a negativa se deveu a divergências com o presidente Bolsonaro sobre a condução da pandemia.

Ludhmila disse que temia que o depoimento pudesse intensificar os ataques que vem sofrendo de bolsonaristas.

A estratégia da entrevista foi definida durante reunião ocorrida ontem à noite no gabinete de Renan Calheiros.

Leia mais: Assine a Crusoé, a revista que não tem medo de apontar os verdadeiros culpados pelas mazelas brasileiras.
Mais notícias
TOPO