Médico pesquisador de Oxford defende lockdown no Brasil: "Única medida possível"

Para Ricardo Schnekenberg, médico pesquisador da Universidade de Oxford, o Brasil precisa entrar em lockdown.

Em entrevista ao jornal O Globo, Schnekenberg defendeu que o governo federal dê suporte financeiro para trabalhadores e empresários durante o fechamento total.

É uma medida ruim, que ninguém quer tomar, mas, diante da situação atual, é a única possível. Outras medidas não gerarão efeito suficiente no tempo que temos até a vacina ser implementada. Não estamos na mesma situação de março, em que se falava em lockdown e não tinha perspectiva de quanto tempo iria demorar. Agora (com as vacinas) temos um horizonte muito mais próximo. É uma medida de curto prazo, que não faz o vírus desaparecer, mas reduz o número de casos para que outras sejam implementadas e tenham efeito a longo prazo.”

Leia mais: Assine a revista e apoie o jornalismo independente, aquele que não aceita publicidade de governos ou estatais.
Mais notícias
TOPO