Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Médicos Sem Fronteiras classificam situação no Brasil como 'catástrofe humanitária'

Médicos Sem Fronteiras classificam situação no Brasil como catástrofe humanitária
Foto: Reprodução/CNN

Os Médicos Sem Fronteiras divulgaram um comunicado nesta quinta-feira (15) classificando o descontrole da pandemia de Covid no Brasil como uma “catástrofe humanitária”.

O comunicado afirma que, depois de 12 meses do início da pandemia, o país não promoveu medidas de saúde pública eficientes para combater o coronavírus.

“A falta de vontade política para responder de forma adequada à pandemia está matando milhares de brasileiros. Os Médicos Sem Fronteiras fazem um apelo urgente às autoridades brasileiras para que reconheçam a gravidade da crise.”

O presidente internacional do MSF, Christos Christou, atribui ao governo de Jair Bolsonaro o colapso do sistema de saúde.

O governo federal praticamente se recusa a adotar diretrizes de saúde pública baseadas em evidências científicas, e resta às dedicadas equipes médicas brasileiras cuidar das pessoas em estado muito grave em UTIs.”

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO