Medo da criminalidade faz procura por carros blindados disparar no Rio

Ter um veículo blindado foi, por muito tempo, um luxo para poucos no Rio de Janeiro, mas a escalada da violência fez carros à prova de bala passarem a ser comprados em maior quantidade pela classe média, que, muitas vezes, opta por equipar automóveis usados, registra O Globo.

“Um levantamento do Detran aponta que 12.101 veículos desse tipo circulam pelo estado. Cinco anos atrás, eram 2.554 nas ruas. E o Exército, que concede as permissões para o reforço de vidros e carrocerias, já deu 1.382 licenças nos últimos oito meses — duas a mais que o total registrado ao longo de 2017.

Segundo o Detran, entre 2010 e 2017, a quantidade anual de novos registros de veículos blindados no estado saltou 469% (de 423 para 2.408 unidades).”

O preço atual da blindagem gira em torno de R$ 53 mil, considerando o tipo III-A, o mais alto nível permitido para civis.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Romeu disse:

    É muito mais barato apoiar Bolsonaro, apoiar a polícia, combater os maus políticos e a corrupção.

Ler comentários
  1. Renato disse:

    Moro nos Jardins, na capital. Depois de blindar meu carro, blindei minha casa. Socorro Bolsonaro!!!!!!

    1. Eu fiz melhor: fui embora do Brasil há 20 anos atrás. Que maravilha é morar num prédio sem grades, sem mendigos ou pivetes nas ruas, sem trombadinhas, sem assaltos, sem mortes. Não tem preço.

  2. Rosana disse:

    e quem não tem condições financeiras de ter um carro blindado?

    1. Morre abatido nas ruas por marginais. E se deixar espolio, o Estado corrupto, ineficiente e tolerante/conivente com os criminosso de colarinho branco ainda vai taxar boa parte da herança

  3. Renato-CP disse:

    Pesquisem quem são os donos das empresas de segurança. Eunício Oliveira possui uma frota de carros de transporte de valores. Insegurança é também um grande negócio.

  4. Carlos disse:

    Existe uma forma bem mais econômica e eficaz de lidar com esse problema: Bolsonaro 17 na urna.

  5. Annibal disse:

    Isso, votem no Haddad defensor de bandidos petista e amigo pessoal de Marcia Tiburi que o crime vai aumentar muito mais!

  6. renato disse:

    Este fato com certeza absoluta deve ser, medo de Bolsonaro. Viva a Venezuela, Viva Cuba, Viva Coreia do Norte. Pra consertar isso só Gleisi, Manoela, Renan, Temer, Lula, Juca, Gilmar, Toffoli, .....

  7. Annibal disse:

    O mesmo tipo de gente que vota sempre no PT é o mesmo tipo de gente que vota sempre no Maduro.

  8. Mauro disse:

    O alkimim, haddad, ciririca e amoeba sempre andaram de carros blindados e segurança pessoal 24 hr por dia enquanto o povo corre risco ate dentro de casa.

  9. Martins disse:

    A Grande Favela Maravilho a beira mar continua lindaaaaaaaa....Lula, Dilma e Cabral mandam beijos para a cariocada otária. Os demais, mandam risadas.

  10. OLSimoni disse:

    Isso é bom para proteção do cidadão de bem e ruim pelo fato dos bandidos tb adotarem essas medidas. Nesse quesito a polícia fica em desvantagem e mais vulnerável.#17

  11. Sarapova disse:

    Falem com o Freixo, ele tem uma lâmpada mágica para acabar com a violência KKKKK.

  12. Nelson disse:

    Candidatos contra Bolsonaro deveriam convencer seus eleitores a usar automóveis conversíveis ,já que com bandidos se resolve no diálogo.

  13. Epaminondas disse:

    Chegou a hora: Vamos triplicar os votos para Bolsonaro. Você que apóia o MITO consiga três votos ou mais. Vamos elegê-lo no1º turno. Espalhe essa idéia. Brasil acima de tudo, Deus acima de todos

  14. José disse:

    As classes mais abastadas da sociedade financiam o tráfico e a criminalidade. É só parar de se drogar.

  15. Roberto disse:

    Pessoal do Leblon não quer tirar o criminoso da rua, mas quer ter um carro blindado para lacrar na internet 4G em relativa segurança.