ACESSE

Meirelles gasta fortuna para sair do 1%

Telegram

Empacado com 1% das intenções de voto, Henrique Meirelles montou uma equipe robusta para sua campanha, registra a Folha.

“Seu time tem dois marqueteiros, um analista de pesquisas, dois assessores de —imprensa um terceiro que atua somente sob demanda—, um coordenador de agenda, um de programa de governo e até uma fonoaudióloga, para melhorar sua criticada dicção.

Segundo aliados, os gastos com a pré-campanha chegam a cerca de R$ 250 mil por mês, pagos com recursos próprios”.

Quando viaja pelo país, Meirelles usa seu jatinho fretado e “leva pelo menos dois assessores por trecho, com diárias e alimentação no orçamento”.

Comentários

  • anonimo -

    Pode gastar o que tem e o que não tem que não voto. É stablichement.

  • Brasil -

    O que quero saber é se os caciques do psdb e do pmdb, junto com marqueteiros milionários,que vivem planejando ataques contra Jair Bolsonaro, abrirão mão dos recursos do fundo eleitoral criado no ano passado. Duvido. Com muito menos R$, sem jatinho, e com muito voluntarismo, Bolsonaro vence todos.

  • Brás -

    Estou surpreso. Não fazia ideia do tamanho da disposição de Meirelles. Para ser absolutamente sincero, estou tão desiludido com os outros candidatos que Meirelles já aparece no meu radar. Pior do que Bolsonaro, Marina, Alckmin, Haddad, Wagner, Maia, Ciro, Boulos, Manuela? Não creio.

Ler 57 comentários