Meirelles, o presidenciável ‘pouco conhecido’: “A situação econômica é o ativo”

Na entrevista à Veja, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, comenta o fato de ser “pouco conhecido entre o eleitorado”.

Ele respondeu a essa questão da seguinte forma:

“A lembrança que a população tem do candidato, que os marqueteiros chamam de recall, é importante. O fato de que algumas pessoas já disputaram ou tem, por alguma razão, alta exposição, torna a situação um pouco mais definida. Então, eu tenho que analisar tudo isso: a situação econômica, que é o ativo, as condições políticas do momento e a minha própria disposição. Afinal, ser candidato a presidente é uma decisão que tem grandes custos – e grandes benefícios – para todos, não só para mim. Vou ter que deixar o ministério e deixar o trabalho ainda por um período de decolagem da economia e entrar em um processo que é outra história. Agora, acho que essas situações vão se definir naturalmente não só na economia como na política. Não é só meramente uma decisão do tipo ‘eu vou porque eu quero’.”

Leia mais aqui:

Meirelles: “Sim, sou presidenciável”

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;

Ler 12 comentários
  1. A vantagem de Meirellesley como candidato à Presidência da República, é que o mesmo já possui uma grande experiência como “Presidente”.
    Ele poderá aplicar no Brasil a mesma estratégia que usou na Presidência da J&F, para solidificar o Grupo como o maior produtor de proteínas do mundo.
    Eu aposto que Meirellesley não sabia dos ilícitos do Grupo J&F.

  2. Meireles, comparsa do Lula e dos irmãos safadões. Belo candidato. Quando ele era presidente do Banco Central, o Lula, para abafar denúncia contra o elemento, mudou seu status para ministro. Daí, todos já sabem. No que dependeu do Supremo…

  3. o estrategistas dos roubos do açougueiro e de lula–recebeu dos açougueiro pelos serviços 275 milhões—agora quer consertar a desgraça através de aumentos de impostos,de combustíveis,de energia-

  4. Imaginem um 2º turno entre Meirelles e O Mula da Silva . O que o jegue do ABC não iria inventar sobre o homem que sustentou a política econômica eficiente do FHC e fez o governo dele sobreviver no 1º mandato

  5. Maria Silvia Bastos Marques presidente, com Ana Amélia Lemos de vice!!! Ou amarguem 4 anos de Marina Silva. Ou vocês acham mesmo que Bolsonaro ganha da Marina? E se ganhar, não durará 6 meses no cargo.

  6. Esses fanfarrões vivem em mundo paralelo. A situação do brasileiro em geral, principalmente do pobre, está horrível. Ninguém sobrevive de “números favoráveis” da economia. As pessoas vivem para pagar suas contas, fazer suas comprinhas. Por que não divulgam o número de inadimplência da Sabesp, das companhias de luz e força? Isso, sim, é um ótimo indicador de economia.

    1. Você não sabe nada. O PT quebrou o país nos 13 anos que ficou no governo e você quer que a economia volte ao normal em menos de 1 ano? Vai ler um pouco sobre a situação do país nos anos petistas e agora.