MEIRELLES: TETO VAI VIGORAR POR DEZ ANOS

Henrique Meirelles falou à imprensa na saída da reunião com Dyogo Oliveira e Darcísio Perondi no Ministério da Fazenda. Ele disse que serão mantidos os termos principais do texto enviado ao Congresso, inclusive o prazo de vigência do teto de gastos por dez anos.

Ele reiterou que o novo regime fiscal terá prazo de 20 anos, com possibilidade de alteração após a primeira década e apenas uma vez a cada mandato presidencial.

“A limitação para o crescimento das despesas públicas é uma medida fundamental para o país”, disse.