Picciani com dois “tês”

É uma agonia ver a disputa pela liderança do PMDB na Câmara entre Leonardo Picciani e Hugo Motta.

Picciani, todos sabem, está ali para boicotar o impeachment. E Motta?

Ele hoje foi a São Paulo pedir a bênção de Michel Temer e José Sarney – que ainda está hospitalizado. Disse que sua candidatura não é de oposição ao Palácio do Planalto.

Motta ajudou a enterrar a CPI da Petrobras. Motta é um Picciani com dois “tês”.

Faça o primeiro comentário