ACESSE

Mensagens não provam inocência de Lula, diz PGR

Telegram

No parecer em que pede ao STF para que seja negado recurso da defesa de Lula, o PGR interino Alcides Martins disse que as mensagens hackeadas de Deltan Dallagnol e outros procuradores da Lava Jato não provam a inocência do petista.

“No mesmo sentido, ainda que se admitisse a utilização, nestes autos, da ‘prova ilícita’ de que ora se trata, isso não beneficiaria Luiz Inácio Lula Da Silva nos moldes pretendidos pelos impetrantes, e, tampouco, teria o efeito de lhe devolver a liberdade.”

VEM AÍ A PAUTA EXPLOSIVA DO STF. Saiba mais

Comentários

  • Maria -

    É o óbvio, mas pelo menos o parecer com o peso que tem o PGR talvez consiga desencorajar os canalhas do STF de cometerem a barbaridade de libertar o ladrão corrupto a partir dessa armação.

  • Idgar -

    Martins em quatro dias está se revelando muitíssimo mais preparado para o cargo que a doutora Raquel Dodge, que - como foi dito - não deixará saudades e será rapidamente esquecida. Tolinha...

  • Rogério -

    Qualquer juiz que não fosse político e agisse com imparcialidade condenaria Lula com base nas provas apresentadas no processo.

Ler 71 comentários