‘Mesmo preso, Henrique Alves articulou transferência de bens’

O delegado da Polícia Federal Osvaldo Scalezi Júnior disse há pouco que Henrique Eduardo Alves articulou transferência de bens de dentro da cadeia. O ex-ministro está preso há quatro meses.

Os investigadores afirmaram que Henrique Alves estava em contato com seus assessores diretos para ocultar bens. A ideia era tentar demonstrar que ele não tinha “patrimônio grande nem incompatível com seus rendimentos”.

“Ele estava transferindo esse patrimônio, ou seja, um crime de lavagem de dinheiro”, afirmou o delegado.

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

Ler mais 23 comentários
  1. REALMENTE EXISTE ESSA HISTÓRIA DO CARRO QUE O LEVA A NOITE É O DEIXA PELA MANHÃ NA ACADEMIA DE POLICIA, TEM QUE TIRAR ELE DA ACADEMIA E MANDAR PARA UM PRESIDIO URGENTE, O CARA PRESO COMANDANDO RECEBIMENTO DE PROPINAS, E TEMER LIBERA TUDO QUE HENRIQUE ALVES QUER…

    1. claro que nao temem. O judiciario esta cheio de magistrados comprometidos com a esquerda bandida, principalmente o STF. Ninguem liga mais para a justica no governo.

  2. Comenta-se em natal que todos os dias um CARRO COM VIDROS ESCUROS pega ele a noite e ele vai DORMIR em CASA, e volta as 6 da manha para o quartel da Polícia onde ele esta recolhido

  3. As Forças Armadas estão esperando o quê?! General Mourão, a hora chegou, toma de assalto essa pocilga que é Brasília. Defenda os cidadãos brasileiros, honestos e pagadores de impostos. Recupere o Brasil para nós.

  4. É mesmo, seu delegado? Puxa vida! Como pode? Como o senhor poderia imaginar algo assim acontecendo? Olha…esse tal de doutor delegado Osvaldo é bom mesmo, hein? Agora o Henrique Eduardo tá ferrado. Esse doutor delegado salvou o país. Que cara sabido!

  5. A que ponto chegou esse país! Nem mesmo presos, os ladrões do dinheiro público deixam de afrontar os ditames da Lei. E, para o espanto geral da Nação, o Judiciário conjuga isso como plenamente legal.

    1. Há um séria suspeita de aqueles 2,5 bilhões de dólares depositados em bancos suiços e sem que tenha a identificação de quem seja, seja…