“Mesmo sem o fundo, temos condições de participar do jogo”, diz presidente do Novo

Entre os principais partidos do país, o Novo é o único que não utiliza o Fundo Partidário.

Registrado em agosto de 2015, o partido diz que arrecada cerca de R$ 800 mil mensais de aproximadamente 30 mil filiados, publica o Estadão – o que, num ano cheio, equivale a R$ 9,6 milhões, valor inferior aos R$ 27,6 milhões a que o Novo teria direito a partir de 2019.

“As eleições mostraram que, mesmo sem o fundo, temos condições de participar do jogo. A ideia é manter essa estratégia e provocar uma mudança de cultura”, disse Moisés Jardim, presidente do partido, descartando a possibilidade de o Novo passar a aceitar o dinheiro público do fundo.

O Antagonista lembra que o presidenciável do partido, João Amoêdo, ficou em 5º lugar na corrida presidencial (atrás de Jair Bolsonaro, Fernando Haddad, Ciro Gomes e Geraldo Alckmin), com 2,50% dos votos válidos (um total de 2.679.744 votos); e que Romeu Zema, também do Novo, foi eleito governador de Minas Gerais.

Quanto PSL e PT terão de fundo partidário em 2019

Dinheiro público a partidos aumentou quase 500% em 20 anos

Temos uma chance única de começar a limpeza do Judiciário. LEIA AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

Ler mais 26 comentários
  1. Amoedo é banco Itaú. Banco Itaú apoia a causa esquerdista comunista. Todo evento de fundo esquerdista o Itaú tá lá apoiando. A cor do Novo é laranja, que é a cor do Itaú. Dão muito na cara!

  2. Sem dúvida, o partido NOVO veio para ser o partido dos jovens.., é diferente em tudo.., quem fala o contrário NÃO sabe nada…., nunca leu o estatuto, o termo de compromisso e regras para candida

    1. Na época da campanha mandei uma dica para o João Amoedo se eleger Presidente . Era só ensinar como juntar 452 milhões de reais em 30 anos , com honestidade total . Tem que juntar só 2,5 milhõe

  3. Voto no Novo. Apoio as políticas, mas eles vão ter que aprender a dialogar com o povo que não tem tanto acesso à informação, se quiserem alcançar melhores colocações nas eleições futuras.

  4. Com o Jair nos livramos da esquerda, por enquanto. Com o Novo o Brasil pode dar grandes saltos, mas eles tem que aprender a fazer politica e concessoes, ridiculo nao apoiarem oficialmente o Jair.

    1. Sim, muito monolítico esse partido. Sobre o Bolsonaro me pareceu um erro também mas depois da história do motorista pode ter sido um acerto sem querer.

  5. Dou TODO apoio ao NOVO em 2020 e 2022. Uma pena que o Amoeba ficou atacando o Jair Bolsonaro enquanto o mesmo estava fazendo seu papel de desmascarar a quadrilha petista. Único podre do Novo é o amo

    1. Além do Fundo Partidário, o Fundo Eleitoral, o Cotão, o auxílio moradia, carro oficial com motorista, salários extra, etc, etc, etc …

  6. Fundo Partidário só serve p desvirtuar as eleições e manter os bandidos d sempre mamando nosso dinheiro e nos sacaneando. Fim d financiamento público é exigência p 1 democracia d fato.

    1. PSL abriu mão do de torrar nosso dinheiro em campanhas de políticos mentirosos? O que importa são as ações, cortar na carne, e não as promessas e intenções demagógicas.

  7. Nessa eleição ficou provado que não é dinheiro que ganha eleição. Enquanto não se extinguem o Fundo, etc. que tal os políticos honestos renunciarem ao recebimento deles? Já existe a ideia …