Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Mesmo sendo alertado por técnicos, Governo de Brasília manteve plano de desmobilização de leitos

Mesmo sendo alertado por técnicos, Governo de Brasília manteve plano de desmobilização de leitos
Foto: Reprodução/GDF

Documentos obtidos por O Antagonista mostram que o governo do Distrito Federal manteve o Plano de Desmobilização de Leitos dos principais hospitais da capital federal, mesmo sendo avisado, reiteradamente, sobre a “possibilidade de segunda onda da Covid-19 ocorrer nos meses de janeiro e fevereiro” deste ano.

Um ofício enviado por Lucas Seixas, superintendente do Hospital de Base, principal unidade de saúde de Brasília, informou em 22 de dezembro que a pandemia iria recrudescer no DF e com “características de novas cepas”.

“Torna-se urgente a tomada de medidas de controle ainda nessa fase inicial da segunda onda”, dizia o comunicado ignorado pelo governo local, que atualmente está com a taxa de ocupação de leitos em 90,97%.

Um técnico da pasta classificou como “imprudente” a intenção do governo de Brasília de aplicar o “protocolo de desospitalização” quando já se tinha informações sobre o agravamento da pandemia.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO