Meta de redução do desmatamento será alcançada 'pouco a pouco', diz Mourão

Meta de redução do desmatamento será alcançada pouco a pouco, diz Mourão
Foto: Romério Cunha/VPR

O vice-presidente Hamilton Mourão rebateu, nesta quinta-feira (15), as críticas sobre a meta de redução de queimadas e desmatamento ilegal na Amazônia.

A meta foi considerada pouco ambiciosa por ambientalistas.

“Crítica faz parte. Vamos lembrar o seguinte: qual é a nossa meta de descarbonização assumida no Acordo de Paris em relação a desmatamento ilegal? É chegar a 2030 com ele zerado. Então temos que ir por etapas”, disse o vice presidente ao chegar ao Palácio do Planalto.

Nesta quarta-feira (14), o Plano Amazônia para o biênio 2021-22 foi publicado no Diário Oficial da União.

O objetivo estabelecido foi reduzir até o fim do ano que vem as queimadas e o desmatamento ilegal aos níveis da média histórica entre 2016 e 2020 pelo sistema do Inpe.

Na prática, o índice representa um desmatamento maior do que os índices no início da administração do presidente Jair Bolsonaro.

EntendaPlano Amazônia de Mourão é ‘reduzir’ desmatamento deixando ele crescer 15%

Leia mais: Assine a Crusoé, a publicação que fiscaliza TODOS os poderes da República.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO