Michel Temer desmente Bumlai e complica Lula

Michel Temer disse que, a pedido de José Carlos Bumlai, encontrou-se com Nestor Cerveró, em 2007.

Naquele ano, Bumlai e Cerveró intermediaram o contrato da Petrobras com a Schahin, que rendeu uma propina de 60 milhões de reais para a campanha de Lula.

Ontem, José Carlos Bumlai disse à Lava Jato que não ajudou Cerveró a manter seu cargo na Petrobras. Hoje Michel Temer desmentiu-o, dizendo que o encontro com Cerveró foi marcado por Bumlai justamente com essa finalidade.