Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Miliciano Ecko tentou tirar arma de policial, diz delegado

Ecko era chefe da maior milícia do Rio de Janeiro e um dos criminosos mais procurados do estado
Miliciano Ecko tentou tirar arma de policial, diz delegado
Foto: Divulgação/ Polícia Civil

De acordo com a Polícia Civil, o miliciano Wellington da Silva Braga, o Ecko, morto neste sábado durante a Operação Dia dos Namorados, foi baleado duas vezes.

O primeiro tiro ocorreu na casa da família de Ecko, enquanto tentava fugir. 

Durante o trajeto da van para o helicóptero, ele tentou tirar a arma de uma policial feminina, e foi efetuado o segundo disparo. É importante ressaltar que a ação foi rápida, o socorro foi bem rápido”, afirmou Tiago Neves, da Subsecretaria de Inteligência.

Ecko era chefe da maior milícia do Rio de Janeiro e um dos criminosos mais procurados do estado. A quadrilha do miliciano domina boa parte da zona oeste do Rio e algumas regiões da Baixada Fluminense.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO