ACESSE

Miliciano preso hoje é suspeito da morte de Marielle, diz Witzel

Telegram

No Twitter, Wilson Witzel afirmou que um dos milicianos presos hoje na operação Os Intocáveis, da Polícia Civil com o MP-RJ, é suspeito de ter matado Marielle Franco.

O governador do Rio não deu detalhes, e o Ministério Público não confirmou se apenas um dos presos teria ligação com o assassinato da vereadora do PSOL e de seu motorista, Anderson Gomes, no ano passado.

As reais intenções de Dilma e Cuba com o programa Mais Médicos. SAIBA MAIS AQUI

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 67 comentários