Militância petista vira “ciência” em curso da UFMG sobre o “golpe”

A palestra de Dilma Rousseff na Faculdade de Educação da UFMG foi o ato inaugural do curso “O impeachment de Dilma Rousseff como golpe de estado”, de responsabilidade do professor Thomas Bustamente, da Faculdade de Direito, registra a Folha.

Valendo créditos de disciplina optativa para alunos da universidade federal, mas aberto ao público em geral, o curso terá 30 palestras com professores de direito, sociologia, educação e economia da UFMG para dar a resposta “científica”, segundo Bustamante, de por que o impeachment foi um golpe.

“Não encontrei até agora nenhum argumento jurídico, teórico e moral para dizer que não foi golpe”, disse o professor para justificar a falta de opiniões contrárias em seu curso. “As justificativas jurídicas do impeachment são inexistentes. Estamos a um passo de perder a democracia. É preciso evitar que aconteça de novo.”

É preciso, na verdade, que pais de estudantes de todo o Brasil eduquem seus filhos contra o cinismo da militância petista que ocupou o sistema de ensino brasileiro.

Comentários temporariamente fechados.

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem.

Ler mais 71 comentários
  1. O petralhte veadaço e burro de dar dó chamado Lucas Silva e que é empregadinho contratado pelos Antas para “inflar” de asneiras a área de comentários, continua por aqui fazendo a merda de sempre! FDP!

  2. O petralhte veadaço e burro de dar dó chamado Lucas Silva e que é empregadinho contratado pelos Antas para “inflar” de asneiras a área de comentários, continua por aqui fazendo a merda de sempre! FDP!

  3. Diga aos incautos que se inscreverem que foi golpe manter os direitos políticos e as benesses imorais criadas pelos próprios interessados para ex-presidentes, incluindo ela e o presidiário corrupto.

  4. Não foi só o ensino brasileiro que sofreu com o cinismo e a hipocrisia petistas: as redações Brasil afora padecem da mesma doença que é uma variante do socialismo mais cretino que pode existir!

  5. Seria interessante eles trazerem o jurista ToMas turbando, aquele que foi citado no processo de impeachment pelo Dr. José Eduardo Cardoso. Queria muito ouvir o que ele pensa sobre o impeachment. Kkkkk

  6. É muita falta de vergonha, manipular a verdade e avacalhar o Legislativo e o Judiário que julgaram o uso do dinheiro de bancos públicos, s/ autorização do Legislativo, que motivou o Impeachment.

    1. O nome correto veio no 1º parágrafo: “….professor Thomas BustaMENTE”! Vide declaração do beócio!

  7. Tem de privatizar instituição pública de ensino que torra dinheiro do contribuinte defendendo criminosos, ensinado e propando uma ideologia-lixo que já matou mais que todas da guerras e doenças juntas

  8. O cinismo petista é absurdo! Essas caras querem rasgar as mentes das pessoas para empalar sua versão da história. Ruminam esse mantra de golpe o tempo todo! Esse foi mesmo um assunto indigesto!

  9. Os pais verem o que está ocorrendo??? Os pais querem mais é que a baba estado cuide de seus pimpolhos (alguns com mais de 30 anos, de idade. Mentalmente cinco ou seis). O Brasil, literalmente, acabou

  10. Só há DUAS universidades brasileiras que figuram em rankings internacionais de qualidade, as duas ESTADUAIS de São Paulo. Todas as outras “universidades” brasileiras são PURA ENGANAÇÃO!

  11. O Bolsonaro vai acabar com essa pouca vergonha nas universidades, vcs vão ver. No futuro ninguém vai saber quem foi Dilma ou o PT, eles vão é pra vala comum do esquecimento, se Deus quiser!!!

  12. A “Doutora” Dilma Rousseff, admitiu posteriormente que não concluiu os cursos de mestrado e doutorado em Ciências Econômicas na Unicamp, como constava em seu currículo no site do ministério.

  13. Se ele não concorda, entrega a conta corrente dele e da família pra Dilma ou o PT, mas não tente impor as idéias dele aos alunos. Convidar a Dilma para palestrar(???). Não seria um stand up de humor?

  14. Penso que há um erro, no nome do professor: não seria, o responsável, o famoso e eminente professor Thomas Turbando, nobre jurista citado pelo jurisconsulto José Eduardo “Porquinho” Cardozo?

  15. Um professor de uma universidade se sujeitar a montar um teatro desses é vergonhoso, 2019 está chegando, e esses idiotas vão ter que se enquadrar ao ensino real e verdadeiro para formar cidadãos .

  16. VIXE!!!!!!!!!!!!Vai ser curso???? Que Deus acuda o Brasil!!!!!!!!!Mas tem que ter a parte que depois,o partido se aliou aos partidos que apoiaram o golpe.Se alguem entender……hahaha.Nóis ensaca….