ACESSE

Militantes de esquerda reforçam “segurança” na embaixada da Venezuela

Telegram

Militantes de esquerda convocaram voluntários, por meio de grupos de WhatsApp, para “ajudar na segurança” da Embaixada da Venezuela em Brasília neste fim de semana, diz a Crusoé.

Leia a íntegra da nota aqui.

Como o Brasil pode evitar que as confusões dos países vizinhos o contaminem. Saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 71 comentários