"Militares aceitariam, passivamente, subordinação a Lula?"

Telegram

Augusto Heleno voltou a comentar sobre como os militares reagiriam a um novo governo Lula.

Vejam a nota que o general distribuiu a jornalistas:

“Para reflexão dos juristas, advogados, petistas e assemelhados.

Nas escolas frequentadas por oficiais e graduados das Forças Armadas Brasileiras, não ‘colar’ é um dos preceitos do código de honra dos alunos. Na maioria delas, as provas são feitas sem fiscalização e os próprios alunos zelam pelo cumprimento desse postulado. Uso de meios ilícitos resulta em desligamento da escola e, portanto, fim de carreira.

Será que esses mesmos militares aceitariam, passivamente, a subordinação a um comandante supremo condenado por corrupção e lavagem de dinheiro?”

Comentários

  • TICO -

    As Forças armadas tem credibilidade suficiente para agir na defesa do nosso povo. Os ladrões não devem ficar preocupados. As cadeias são ótimas para leituras profundas. Fora STF.

  • Brás. -

    Pergunta ao general Heleno: só se fala em Lula condenado, preso e candidato mas PT, PSOL, PCdoB, PDT estão aí no páreo. As FAs vão continuar se subordinando a algum governo extremista de esquerda

  • Maria -

    Não só os militares. Como cidadã, jamais aceitarei a candidatura/eleição de um presidiário. Já é difícil de engolir um monte de candidato com nome em lista suja, o que dirá um condenado ele

Ler 171 comentários