ACESSE

Militares cogitaram divulgar resposta a Gilmar ainda no domingo

Telegram

Na Crusoé, Ana Viriato conta que a declaração de Gilmar Mendes sobre o Exército estar se associando a um “genocídio” no combate à pandemia da Covid-19 provocou surpresa e indignação nas Forças Armadas.

O ministro do STF tem boa interlocução com militares e foi recebido há menos de um mês pelo comandante do Exército, general Edson Pujol.

Chegou-se a cogitar a divulgação de uma nota oficial ainda no domingo, 12, mas Fernando Azevedo e Silva e os comandantes militares decidiram aguardar até o fim do dia por uma retratação de Gilmar –que não veio.

Clique AQUI para ler a reportagem completa.

Foto: Rosinei Coutinho / STF / CP

Leia mais: O erro dos governadores na pandemia. Clique aqui para ler mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 72 comentários