Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Militares "não dão suporte a aventureiros"

Militares “não dão suporte a aventureiros”
(Foto: Mateus Bonomi/AGIF/Folhapress)

O general Santos Cruz descartou que policiais e militares possam apoiar um golpe bolsonarista em 2022.

Ele disse para a Folha de S. Paulo:

“São profissionais, não dão suporte a aventureiros.”

Mas acrescentou:

“Você tem que fazer um trabalho preventivo. O fanatismo é irracional. Para prevenir, para que isso não aconteça, a Justiça tem que atuar sempre. Discurso de ódio, fake news, assassinato de reputações e instituições. Polícia Federal, Forças Armadas e Abin têm que ser valorizadas, não podem ser colocadas sob suspeita (…). Você acaba com o discurso dos demagogos que ficam falando em fraude sem ter prova alguma. O presidente tem que atuar dentro da lei para criar o voto impresso, e não ficar com ideia subliminar para fazer bagunça.”

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO