Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Militares não vão resistir ao 'Lula lá'

Ministros da ala militar garantem que os mais de 6 mil militares empregados no governo Jair Bolsonaro vão respeitar "os resultados das urnas", diz jornal
Militares não vão resistir ao Lula lá
Reprodução

Ministros da ala militar disseram ao Globo que os mais de 6 mil militares empregados no governo Jair Bolsonaro vão respeitar “os resultados das urnas”, caso Lula vença em 2022.

“A relação com os militares é um tema que preocupa o entorno de Lula, inclusive com questionamentos frequentes de aliados sobre o assunto. Interlocutores do ex-presidente têm trabalhado para se aproximar de lideranças das Forças Armadas. O foco é diminuir a resistência dos militares a Lula e ao PT.”

Os militares já demonstraram sua fidelidade à Constituição quando os governos petistas fecharam negócios bilionários para reaparelhamento das Forças Armadas.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO