Milton Lyra e Qualicorp na mira do MPF

Milton Lyra e Qualicorp na mira do MPF
Foto: Reprodução/Facebook

O Ministério Público Federal em Brasília encontrou procurações e troca de e-mails que indicam negociações entre a empresa Medicando, pertencente Milton Lyra, e a Conectmed, adquirida pela Qualicorp em 2014, diz a Crusoé.

A Medicando é investigada por receber dinheiro fruto das fraudes no Postalis.

Os negócios entre Lyra — apontado como operador do MDB — e a Qualicorp apareceram em uma investigação da força-tarefa Postalis em que ele está sob suspeita de integrar um grupo que provocou um rombo de R$ 87 milhões ao fundo de pensão.

Leia aqui a íntegra da nota.

Leia mais: A Crusoé fiscaliza TODOS os poderes e, nesta semana, é a vez do Legislativo.
Mais notícias
Comentários
Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 8 comentários
TOPO