ACESSE

Ministério da Agricultura é alertado da nuvem de gafanhotos que se aproxima do Brasil

Telegram

O Ministério da Agricultura está monitorando a nuvem de gafanhotos que se aproxima do Brasil e poderá devastar lavouras.

Em ofício enviado ontem à pasta — ao qual O Antagonista teve acesso –, o Sindicato Nacional das Empresas de Aviação Agrícola (Sindag) cobrou com urgência um plano de prevenção.

A entidade, que representa 262 empresas do setor, colocou toda a sua estrutura à disposição do governo. Somente o Rio Grande do Sul, estado onde as lavouras poderão ser mais afetadas, tem uma frota de 426 aeronaves agrícolas.

“As aeronaves são equipadas para atuar em eventual necessidade de controle da infestação. Porém, entendemos ser essa uma ação de governo. Colocamo-nos à disposição para colaborar”, diz trecho do texto assinado pelo presidente do sindicato, Thiago Magalhães Silva.

Segundo o deputado gaúcho Jerônimo Goergen (PP), a ministra Tereza Cristina já respondeu o ofício, aceitando o apoio do Sindag.

Leia mais: Convite especial: garanta seu acesso à Crusoé e O Antagonista+ e GANHE um ebook sobre Sergio Moro. Clique e saiba mais

Comentários

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem. Em respeito a todos os leitores, não são publicados comentários que contenham palavras ou conteúdos ofensivos. Tempo de publicação: 4 minutos
Ler 19 comentários