Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério da Saúde deve manter intervalo de 12 semanas entre doses, diz site

A pasta vai emitir, nos próximos dias, uma nota técnica rechaçando a hipótese de encurtar o intervalo entre as aplicações, como têm defendido alguns estados
Ministério da Saúde deve manter intervalo de 12 semanas entre doses, diz site
Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

O Ministério da Saúde emitirá, nos próximos dias, uma nova nota técnica mantendo o intervalo de 12 semanas entre a aplicação da primeira e da segunda dose das vacinas contra a Covid da AstraZeneca e da Pfizer, diz o Metrópoles.

O documento vai recomendar que o prazo seja mantido pelo menos até o governo federal enviar vacinas suficientes para aplicar a primeira dose em toda a população adulta do Brasil.

A Câmara Técnica Assessora em Imunização e Doenças Transmissíveis do ministério foi a responsável pela recomendação. O colegiado é composto por representantes da pasta e de estados e municípios.

Recentemente, alguns governadores e prefeitos decidiram encurtar o intervalo entre as duas doses, por receio da variante Delta. O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, tem defendido que os estados respeitem as determinações do PNI.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO