ACESSE

Ministério da Saúde diz que respeitou lei em compra de remédios

Telegram

Em nota, o Ministério da Saúde informou que “respeitou toda a legislação vigente” na contratação da Global Gestão em Saúde, alvo de ação de improbidade por atraso na entrega de medicamentos.

A pasta disse que inscreveu a empresa na Dívida Ativa da União em cerca de R$ 20 milhões,  pelo não ressarcimento da aquisição dos remédios.

“Sobre a Ação Civil Pública, do Ministério Público Federal (MPF-DF), é importante ressaltar que o Ministério da Saúde realizou todos esforços, incluindo uma compra emergencial, para garantir a assistência aos pacientes que utilizam os medicamentos Aldurazyme, Fabrazyme, Elaprase, Myozyme e Soliris mesmo com as ocorrências conhecidas”.

O sucesso (ou insucesso) do 'posto Ipiranga' vai determinar se você se entrega ao passado de vez ou se você se lança ao futuro. LEIA AQUI

Comentários

  • Nova -

    Ministro de Temer continua fazendo cagada até após sair do governo

  • Nova -

    Ministro de Temer continua fazendo cagada até após sair do governo

  • Marcelo -

    Solução definitiva para a saúde : controle da natalidade, gravidez assistida, medicina genética. Nisso que tem investir. O resto? Cada um que se vire. Igual a previdência. Pobrezinho? Trabalhe ma

Ler 7 comentários