Ministério da Saúde empenhou, mas não pagou 63 milhões para Butantan ampliar produção

Ministério da Saúde empenhou, mas não pagou 63 milhões para Butantan ampliar produção
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Eduardo Pazuello disse ontem que o Ministério da Saúde “vem trabalhando com o Butantan no desenvolvimento da vacina desde o início”“fomos nós que fizemos o desenvolvimento do parque fabril do Butantan para fazer a vacina, um convênio de mais de R$ 80 milhões”.

 

Mas não é bem assim. Em dezembro, de fato, a Fundação Butantan assinou com a Saúde um convênio de R$ 63,2 milhões (não R$ 80 milhões) para a aquisição de equipamentos para o Centro de Produção Multipropósito de Vacinas (CPMV).

A fundação Butantan captou na iniciativa privada R$ 130 milhões e ainda espera a ajuda federal. Apesar do empenho, o valor ainda não foi executado, como mostram os documentos abaixo enviados pela ONG Contas Abertas a pedido de O Antagonista.

Reprodução

Leia mais: Crusoé revela com exclusividade como o diretor-geral da ABIN, Alexandre Ramagem, enviava por WhatsApp para Flavio Bolsonaro os relatórios produzidos clandestinamente para orientar sua defesa no caso da rachadinha.
Mais notícias
TOPO