Ministério da Saúde empenhou, mas não pagou 63 milhões para Butantan ampliar produção

Ministério da Saúde empenhou, mas não pagou 63 milhões para Butantan ampliar produção
Foto: Tânia Rego/Agência Brasil

Eduardo Pazuello disse ontem que o Ministério da Saúde “vem trabalhando com o Butantan no desenvolvimento da vacina desde o início”“fomos nós que fizemos o desenvolvimento do parque fabril do Butantan para fazer a vacina, um convênio de mais de R$ 80 milhões”.

 

Mas não é bem assim. Em dezembro, de fato, a Fundação Butantan assinou com a Saúde um convênio de R$ 63,2 milhões (não R$ 80 milhões) para a aquisição de equipamentos para o Centro de Produção Multipropósito de Vacinas (CPMV).

A fundação Butantan captou na iniciativa privada R$ 130 milhões e ainda espera a ajuda federal. Apesar do empenho, o valor ainda não foi executado, como mostram os documentos abaixo enviados pela ONG Contas Abertas a pedido de O Antagonista.

Reprodução

Leia mais: Crusoé revela com exclusividade como o diretor-geral da ABIN, Alexandre Ramagem, enviava por WhatsApp para Flavio Bolsonaro os relatórios produzidos clandestinamente para orientar sua defesa no caso da rachadinha.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO