Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério da Saúde recua e anuncia retomada da vacinação de adolescentes sem comorbidades

Secretário-executivo, Rodrigo Cruz, diz que riscos de efeitos adversos são menores que os benefícios da imunização contra covid entre jovens de 12 a 17 anos
Ministério da Saúde recua e anuncia retomada da vacinação de adolescentes sem comorbidades
Reprodução

O Ministério da Saúde anunciou nesta noite (22) a retomada da vacinação de adolescentes de 12 a 17 anos sem comorbidades. A avaliação é de que os benefícios da imunização contra covid são maiores que eventuais riscos de efeitos adversos.

A medida é adotada uma semana depois de o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciar que suspenderia de forma cautelar a vacinação de jovens sem comorbidades por suspeita de reação adversa em uma adolescente de 16 anos que morreu após receber o imunizante.

No mesmo dia (15), a Anvisa divulgou nota em que negou comprovação de relação causal entre a morte e a vacina. Depois ficou comprovado que o óbito ocorreu por outro motivo.

O recuo foi anunciado em coletiva nesta noite pelo secretário-executivo do Ministério da Saúde, Rodrigo Cruz. 

Queiroga testou positivo ontem para covid durante viagem a Nova York, ao participar da comitiva do presidente Jair Bolsonaro para participar da 76ª Assembleia-geral da ONU.

Cruz disse que o ministro está de quarentena, mas sem gravidade.

 

Mais notícias
TOPO