Ministério Público do DF investiga empresa que negocia vacinas da Índia

Ministério Público do DF investiga empresa que negocia vacinas da Índia
Foto: geralt/Pixabay

A Precisa Comercialização de Medicamentos, empresa que negocia 20 milhões de doses da vacina indiana Covaxin, está sendo alvo de investigações do Ministério Público do Distrito Federal e do Tribunal de Contas do DF.

A empresa é suspeita de ser uma das beneficiárias de um esquema de superfaturamento de compra de testes contra a Covid-19, desvendado pela Operação Falso Negativo.

Segundo o MPDFT, a Precisa teria vendido testes no valor mais caro de mercado, R$ 139,90, mesmo após ter entrado tardiamente nos processos licitatórios feitos pela Secretaria de Saúde do DF. As informações são do Metrópoles.

Leia mais: Enquanto Brasília faz tudo errado, a Crusoé continuará fazendo o certo: fiscalizando o poder.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO