Ministério Público investiga empréstimo do BRB para Flávio Bolsonaro comprar mansão

Ministério Público investiga empréstimo do BRB para Flávio Bolsonaro comprar mansão
Mansão de Flávio Bolsonaro em Brasília (Adriano Machado/O Antagonista)

O MPDFT (Ministério Público do Distrito Federal e dos Territórios) abriu procedimento preliminar para investigar as condições do empréstimo obtido por Flávio Bolsonaro junto ao BRB (Banco de Brasília) no valor de R$ 3,1 milhões.

No mês passado, O Antagonista revelou que o senador comprou uma mansão em Brasília por quase R$ 6 milhões.

Segundo a Folha, o caso será investigado pela Prodep (Promotoria de Justiça de Defesa do Patrimônio Público e Social). “O objetivo é saber se o empréstimo foi feito fora das condições normais do banco para qualquer pessoa.”

Flávio e sua mulher assumiram uma prestação mensal de R$ 18,5 mil — valor que ultrapassa 30% da renda mensal do casal.

O BRB também desconsiderou o “score de risco” do senador, que é investigado por peculato, organização criminosa e lavagem de dinheiro com uso de imóveis.

 

Leia mais: Assine a Crusoé e apoie a o jornalismo independente.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO