Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministério se pronuncia sobre livros rasgados na UnB, e universidade aciona a PF

O Ministério dos Direitos Humanos se manifestou, por meio de nota, sobre o episódio de livros com temáticas de direitos humanos que foram rasgados na biblioteca da Universidade de Brasília.

“A construção de uma sociedade plural, pacífica e tolerante pressupõe a coexistência de ideias e leituras distintas sobre fatos incontestáveis da história recente de nosso país. Rasgar obras literárias que veiculam narrativas sobre as conquistas em Direitos Humanos é, em última análise, impedir a formação de uma visão crítica e democrática do mundo que nos cerca.”

A UnB informou que já foram identificados cinco livros sobre direitos humanos rasgados. A universidade fará uma investigação interna e abriu um processo junto à Polícia Federal.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO