Ministério do Trabalho será fatiado

O futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, informou que o Ministério do Trabalho será extinto e terá suas funções distribuídas em três pastas.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, explicou que o registro de sindicatos ficará a cargo do Ministério da Justiça de Sergio Moro e possivelmente com a fiscalização do trabalho escravo.

Políticas de emprego caberão ao Ministério da Economia de Paulo Guedes; a pasta da Cidadania, de Osmar Terra, tomará conta de outras áreas, segundo o novo ministro.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Romeu disse:

    Nada vai mudar no Brasil enquanto não se proibir reeleição para todos os níveis da política. Muito essencial é proibir a reeleição para sindicatos, federações e confederações...

    1. Até a década de 90 a reeleição era proibida e a política era bem pior, então não viaja imbecil que isso é só um engodo e não resolveria nada, se resolvesse os países desenvolvidos proibiria

Ler comentários
  1. Jorge disse:

    O Ministério e a Justiça do trabalho devem ser extintos. Qualquer demanda trabalhista pode ser resolvida perfeitamente pela Justiça comum.

    1. Vai um por vez.. primeiro o ministério... uns 2 anos depois vem o resto.

    2. Como em qualquer país normal no mundo, mas aqui temos que sustentar um monte de pançudos que ainda tem a cabeça na guerra fria.

  2. Francisco disse:

    Justiça do Trabalho tem que ser extinta. Esses Juízes tem raiva de patrões e procuram fazer de tudo para quebrar quem dá emprego com suas irreais indenizações. A mediação tem que ser ideal par

  3. Cidadão disse:

    Nem a Ditadura Militar ousou extinguir o Ministério do Trabalho criado por Vargas para resolver o conflito entre patrões e empregados. NÃO À EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO!

    1. Quem resolve conflitos entre patrões e empregados é a Justiça do Trabalho, cidadão! Aliás, está a merecer uma bela faxina também!

    2. Tá reclamando do que? Pelos seus comentários, você deve ser um pelego que não trabalha e não deve ter carteira assinada. Vai chorar na cama que é lugar quente

    3. Ministŕio.. não JUSTIÇA.. ninguém esta mechendo na JUSTIÇA do trabalho

  4. Rodrigo disse:

    O registro de sindicatos ficará com Sergio Moro e políticas de emprego com o Paulo Guedes. Imagina a choradeira & gritaria dos parasitas kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    1. Ferrou para pelegos mamadores de plantão kkkkkkkkkjjj

  5. Washington disse:

    Aproveitem para fazer uma expressiva redução do número de funcionários nesse imenso cabide de empregos. Tem muita gente registrada que há tempos não dá as caras para trabalhar. O Brasil vai mud

    1. Essa é a principal mudança. A redução do número de secretarias e cargos comissionados, nas fusões. Assim, além da diminuição de burocracias desnecessárias, vem o enxugamento da máquina.

  6. Rubens disse:

    Acho que o Bolsonaro ainda está preservando muita coisa: Ministério de Direitos Humanos? Pra que? Já tem a Justiça para julgar as violações. Meio Ambiente? Minas e Energia?

  7. Waldomiro disse:

    Muito bem, o ministério do trabalho era em antro de corrupção, novos tempos para o Brasil...........

  8. Rubens disse:

    O Moro vai ter que tratar com o Paulinho da Força ??? E com o presidente da CUT, Vagner Freitas? E com os pançudos do ABC?

    1. Essa gente está em extinção! Acabou a roubalheira dos sindicatos. Os sanguessugas terão que trabalhar. O PT cai fora!

  9. Barbosa disse:

    Acabou a mamata! Acabou a picaretagem! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  10. Alexandre disse:

    Perfeito. Simples. Agora só falta mandar embora os malandros que deixam o paletó na cadeira, não aparecem e dão 70% do salário para algum bandido ficar rico.

  11. Olívia disse:

    Muito bom. Graças a Deus esse cancro chamado sindicato ficará onde deveria :na terra do nunca". Agora vai acabar a escravidão dos empregados.

  12. Ivo disse:

    Vão mexer no vespeiro, golaço para o Brasil que realmente trabalha.

  13. Giovanina disse:

    Ótimo. Aproveita e fatia também, em pedacinhos bem pequenos, os Sindicatos que só servem para arrumar encrencas.

  14. Zaga disse:

    Maravilha, maravilha. Desratização total.

  15. RobertoRJ disse:

    As maracutaias entre o Min. do Trabalho e os sindicatos estão com os dias contados.

  16. nery disse:

    Fecha essa pocilga de uma vez so serve para cabidao de emprego para sindicalista.

  17. Waltécio disse:

    Próximo passo há de ser a extinção da Justiça do Trabalho. Gasta 3 vezes mais do que se gera em indenização.

  18. Ambrosio disse:

    E o Ministério de Direitos Humanos e Ministério da Mulher? Que Por-ra é essa? Vamos continuar no SOCIALISMO?

    1. @Derli: Ministério da criança, ministério dos índios, ministério dos portugueses, ministério dos italianos, ministério dos gays, ministério das lésbicas, ministério dos travestis, e por aí

  19. Jose disse:

    O ex-ministro do trabalho disse: "cachorro também é ser humano". Qualquer coisa melhor do que isso será um sucesso!

  20. José disse:

    Um a menos! Vamos só ver agora o mimimi esquerdista: quanto mais reclamarem, mais fica demonstrado o acerto da decisão!

  21. Goreba disse:

    Espero que a EXTINÇÃO do Ministério do Trabalho seja um SINAL para proibir a transferência de recursos públicos para as CENTRAIS SINDICAIS, verdadeiras ONGs a serviço de PELEGOS!!!

  22. EDER disse:

    Não e Ministério do Trabalho e Sim "Ministério do Desemprego".

  23. Antonio disse:

    otimo, parabens, novos tempos..................

  24. Paulo disse:

    Registro de sindicato na mão do moro kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  25. Adriano disse:

    registro de sindicato com Moro... kkkkkkkkk... Acabou pelegada de merda.

  26. Erson disse:

    Acabem com este cabidão de CCs e a mais evidente explicitação da ineficácia nos serviços públicos.

  27. José disse:

    E a Justiça do Trabalho, fica ou fecha?

  28. Evaldo disse:

    E as 12 bilhões de portarias fode empresa vão ser revogadas?

  29. joao disse:

    Tem que acabar mesmo esse ministério do trabalho só serve para produzir corrupção e multar as empresas e dá empregos pra os pelegos do pt!!

  30. Kelly disse:

    Excelente! O Min Trabalho só servia de cabide de emprego da esquerda e defensor de sindicados. Me belisca que eu tô sonhando! MITO!

  31. ROCCO disse:

    até agora estou de acordo com todos os ministérios, só acho desnecessário um ministério p/ mulheres. isso só cria divisões. Bolsonaro mesmo sempre falou sobre divisão entre homens x mulheres,

  32. FREDERICO disse:

    Glória a Deus! Agora só falta a Justiça do Trabalho.

  33. JRamos disse:

    Aproveita façam uma faxina. É muita gente ganhando dinheiro às nossas custas sem nada produzir. Coloca essa gente pra carregar dormentes nas vias férreas

  34. Presidente-XVII disse:

    Melhor assim. E junto com essas mudanças, cortem muitos cargos comissionados.

  35. Alexandre disse:

    Até que enfim.....espero que essa decisão não seja revogada....

  36. Ferreti disse:

    Putaquepariu!!! Registro de sindicato nas mão de Sérgio Moro??? Acabou a farra da venda de cartas sindicais. Aliás se acabarem com isso, até os pelegos vão torcer pelo fim do ministério mesmo.

  37. Vicente disse:

    Mais um câncer quase incurável extinto, o MT!

  38. Isabelle disse:

    Ministério dos direitos humanos também deve ser anexado a outra pasta. É totalmente desnecessário um Ministério pra isso.