Ministério do Trabalho será fatiado

O futuro chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, informou que o Ministério do Trabalho será extinto e terá suas funções distribuídas em três pastas.

Em entrevista à Rádio Gaúcha, explicou que o registro de sindicatos ficará a cargo do Ministério da Justiça de Sergio Moro e possivelmente com a fiscalização do trabalho escravo.

Políticas de emprego caberão ao Ministério da Economia de Paulo Guedes; a pasta da Cidadania, de Osmar Terra, tomará conta de outras áreas, segundo o novo ministro.

O inimigo número 1 de Sergio Moro. Leia AQUI

Deixe seu comentário

Os comentários não representam a opinião do site; a responsabilidade é do autor da mensagem;
Tempo de publicação: 4 minutos

200

  1. Nada vai mudar no Brasil enquanto não se proibir reeleição para todos os níveis da política. Muito essencial é proibir a reeleição para sindicatos, federações e confederações…

    1. Até a década de 90 a reeleição era proibida e a política era bem pior, então não viaja imbecil que isso é só um engodo e não resolveria nada, se resolvesse os países desenvolvidos proibiria

Ler mais 68 comentários
  1. Nada vai mudar no Brasil enquanto não se proibir reeleição para todos os níveis da política. Muito essencial é proibir a reeleição para sindicatos, federações e confederações…

    1. Até a década de 90 a reeleição era proibida e a política era bem pior, então não viaja imbecil que isso é só um engodo e não resolveria nada, se resolvesse os países desenvolvidos proibiria

  2. até agora estou de acordo com todos os ministérios, só acho desnecessário um ministério p/ mulheres. isso só cria divisões. Bolsonaro mesmo sempre falou sobre divisão entre homens x mulheres,

  3. Putaquepariu!!! Registro de sindicato nas mão de Sérgio Moro??? Acabou a farra da venda de cartas sindicais. Aliás se acabarem com isso, até os pelegos vão torcer pelo fim do ministério mesmo.

  4. Espero que a EXTINÇÃO do Ministério do Trabalho seja um SINAL para proibir a transferência de recursos públicos para as CENTRAIS SINDICAIS, verdadeiras ONGs a serviço de PELEGOS!!!

  5. Justiça do Trabalho tem que ser extinta. Esses Juízes tem raiva de patrões e procuram fazer de tudo para quebrar quem dá emprego com suas irreais indenizações. A mediação tem que ser ideal par

  6. Nem a Ditadura Militar ousou extinguir o Ministério do Trabalho criado por Vargas para resolver o conflito entre patrões e empregados. NÃO À EXTINÇÃO DO MINISTÉRIO DO TRABALHO!

    1. Quem resolve conflitos entre patrões e empregados é a Justiça do Trabalho, cidadão! Aliás, está a merecer uma bela faxina também!

    2. Tá reclamando do que? Pelos seus comentários, você deve ser um pelego que não trabalha e não deve ter carteira assinada. Vai chorar na cama que é lugar quente

  7. Aproveitem para fazer uma expressiva redução do número de funcionários nesse imenso cabide de empregos. Tem muita gente registrada que há tempos não dá as caras para trabalhar. O Brasil vai mud

    1. Essa é a principal mudança. A redução do número de secretarias e cargos comissionados, nas fusões. Assim, além da diminuição de burocracias desnecessárias, vem o enxugamento da máquina.

    1. Essa gente está em extinção! Acabou a roubalheira dos sindicatos. Os sanguessugas terão que trabalhar. O PT cai fora!

    1. Como em qualquer país normal no mundo, mas aqui temos que sustentar um monte de pançudos que ainda tem a cabeça na guerra fria.

    1. @Derli: Ministério da criança, ministério dos índios, ministério dos portugueses, ministério dos italianos, ministério dos gays, ministério das lésbicas, ministério dos travestis, e por aí