Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro culpa La Niña pela crise hídrica

Bento Albuquerque prevê a necessidade de importar mais energia ou incentivar o consumo fora dos horários de pico, oferecendo descontos na tarifa
Ministro culpa La Niña pela crise hídrica
Foto: Analogicus/Pixabay

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, deu uma entrevista à Folha para descartar risco apagão e racionamento, em meio à pior crise hídrica dos últimos 91 anos.

Albuquerque, porém, prevê a necessidade de importar mais energia ou incentivar o consumo fora dos horários de pico, oferecendo descontos na tarifa.

O ministro não inova quando culpa o clima pela situação.

“O Brasil é influenciado pela variação de temperatura das correntes do Pacífico, El Niño e La Niña. A La Niña afeta mais o Centro-Oeste e o Sudeste e castigou muito neste ano. Maio foi o pior mês de afluência dos últimos 91 anos. E tudo indica que junho também será”, disse ele ao jornal paulista.

A La Niña não pode nem sequer enviar uma nota em sua defesa.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO