Ministro afirma responder a inquérito no STF por defender o que diz a Bíblia

Ministro afirma responder a inquérito no STF por defender o que diz a Bíblia
Foto: Fábio Rodrigues Pozzebom/ Agência Brasil

Em um culto neste domingo (24), Milton Ribeiro disse não ter “vergonha de pregar o evangelho” a qualquer momento e que, por defender o que a Bíblia diz, responde a um inquérito no STF, registra a Folha.

“A Bíblia diz que chegaria um momento em que as pessoas confundiriam o certo e o errado. O inquérito que eu enfrento no STF tem a ver com isso, com algo que Jesus não teve receio de dizer que não é o caminho certo”, declarou o ministro da Educação e pastor evangélico ontem, numa igreja em Santos.

“Meu coração está tranquilo porque não fui chamado no STF para responder por desvio de dinheiro ou corrupção, mas por que eu disse o que a Bíblia diz”, completou Ribeiro, acrescentando que só fazia um “desabafo” com sua igreja.

O ministro é investigado pela PGR por homofobia. Em setembro, numa entrevista ao Estadão, Ribeiro disse que a homossexualidade não era normal e atribuiu sua ocorrência a “famílias desajustadas”.

Leia mais: Crusoé revela documentos de leniência que a holding JBS omitiu da Justiça. Há ainda novos detalhes de repasses feitos a ministros do atual governo e ao Instituto Lula.
Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO