Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro da Educação diz que passou 'vergonha' no G20 porque Brasil não tem aulas presenciais

Milton Ribeiro afirmou nesta quinta-feira que o Brasil é praticamente o único país do mundo que está há 450 dias sem aulas presenciais
Ministro da Educação diz que passou vergonha no G20 porque Brasil não tem aulas presenciais
Foto: Catarina Chaves/MEC

O ministro da Educação, Milton Ribeiro, voltou a defender nesta quinta-feira (8) a volta das aulas presenciais. Após encontro com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, Ribeiro afirmou que, se os cuidados sanitários forem tomados, é possível retomar as atividades de forma segura.

“Todos os cuidados sanitários são tomados. Tudo tá funcionando, o Brasil todo funciona. Supermercado funciona, com o distânciamento, com os cuidados. Podemos sanar os problemas com rodízio de aulas. Se cabe 30, vem 15 em um dia, outros assistem pela internet. Vamos fazer o possível.”

Ribeiro ainda afirmou que “passou vergonha” em uma reunião do G20 porque o Brasil ainda mantém o ensino à distância.

“Depois que eu voltei desse encontro com o ministro da Educação da Itália, eu passei vergonha. Essa é a palavra, podem anotar: eu passei vergonha na reunião do G20. O Brasil é praticamente o único país com 450 dias de escolas fechadas.”

O ministro esqueceu de dizer que o Brasil é praticamente o único país com mais de 500 mil mortes por Covid. É realmente “uma vergonha”.

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO