ACESSE

Ministro da Educação pede desculpas à mãe de Cazuza

Telegram

Ricardo Vélez Rodríguez contou no Twitter que pediu desculpas a Lucinha Araújo, mãe de Cazuza –cantor morto em 1990–, por ter atribuído erroneamente uma frase a ele.

“Liguei para Lucinha Araújo (…) para desfazer o equívoco de uma resposta que dei atribuindo a ele frase de um programa humorístico”, escreveu o ministro da Educação.

“A conversa foi tocante e combinamos uma visita a ela quando eu for ao Rio. O amor do coração de uma mãe por seu filho é algo valoroso”, acrescentou.

Em entrevista à Veja, Vélez afirmou que Cazuza “pregava que liberdade é passar a mão no guarda” –em resposta, Lucinha ameaçou processar o ministro.

Na verdade, a frase era dos humoristas da Casseta Popular –em sua versão completa, “liberdade é passar a mão na bunda do guarda”.

Conheça Por Dentro O Estrago Que A Esquerda Fez na Venezuela. Poderia Ser No Brasil. MAIS AQUI

Comentários

  • Joseluiz -

    O politicamente correto já acabou. Falta alguém ir dizer isso pra ela.

  • PedroPaulistano -

    Vamos antecipar as eleições e eleger o João Doria , que certamente terá um Ministro da Educação qualificado e educado

  • Adalberto -

    Defender o filho é o dever de toda mãe e até é de se entender a postura da Lucinha Araujo agora. Pena que não conseguiu livrar o filho de todos os perigos quando ele era vivo. Cazuza faz falta...

Ler 114 comentários