'Ministro da Propaganda' é o orgulho do patrão

Ministro da Propaganda é o orgulho do patrão
Foto: Divulgação Câmara

Fábio Faria, o “ministro da Propaganda” de Jair Bolsonaro, foi ao Twitter engrossar as críticas do presidente aos governadores que estão decretando lockdown como forma desesperada de tentar conter o momento mais grave da pandemia da Covid-19.

No fim de semana, como noticiamos, o presidente da República reagiu a essas medidas dos governadores — incluindo governadores que o apoiam –, dizendo que a União enviou um monte de dinheiro para eles desde o início da pandemia e, assim, responsabilizando-os pelo iminente colapso no sistema de saúde.

“Os valores estão claramente discriminados nas publicações e são referentes a todos os repasses para os estados: diretos (da União para os entes) e indiretos, como benefícios ao cidadão (Auxílio, Bolsa etc.) e suspensão de dívida. Não há o que contestar, não se briga com números”, escreveu Faria, no Twitter, ao postar links com os valores repassados pela União aos estados.

Governadores rebateram as informações com uma carta, como noticiamos mais cedo.

Fábio Faria, genro de Silvio Santos, é o orgulho do patrão Bolsonaro.

Leia mais: Guedes e seu ideário foram inteiramente soterrados pelos planos de sobrevivência política do presidente da República e da sua própria reeleição
Mais notícias
TOPO