Assine
Acesse
Acesse o Antagonista+ Acesse a Crusoé

Ministro de Minas e Energia volta a negar risco de racionamento

Em audiência pública virtual na Câmara, Bento Albuquerque disse que o setor elétrico está sendo monitorado 24 horas por dia
Ministro de Minas e Energia volta a negar risco de racionamento
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, voltou a negar o risco de racionamento de energia no país.

Em audiência pública virtual na Câmara nesta quarta-feira (23), ele afirmou que o governo não trabalha com a hipótese e destacou que o setor elétrico está sendo monitorado 24 horas por dia.

Albuquerque também disse que foram adotadas “medidas para que nós não percamos o controle do sistema, não tenhamos risco de interrupção do fornecimento de energia nos horários de pico de demanda; não queremos chegar em 2022 com uma forte dependência do período úmido”.

O ministro citou ações implementadas desde o ano passado, como acionamento de geração de energia por meio de usinas térmicas e a importação de energia do Uruguai e da Argentina.

Nesta terça-feira (22), o presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), negou, nas redes sociais, que haverá a imposição de um racionamento por parte do governo federal, mas disse que o país terá de passar por um “período educativo”. 

Mais notícias
Comentários desabilitados para este post
TOPO